PERCEPÇÃO DE DIRETORES DE ESCOLAS PÚBLICAS SOBRE JUSTIÇA RESTAURATIVA

Autores

  • Tatiana Dias Lawrenz FACCATT

Resumo

A essência da justiça restaurativa é a resolução de problemas de forma colaborativa. Práticasrestaurativas proporcionam, àqueles que foram prejudicados por um incidente, aoportunidade de reunião com os envolvidos para expressar seus sentimentos, descrever comoforam afetados e desenvolver um plano para reparar os danos ou evitar que se repita. Aabordagem restaurativa é reintegradora e permite que o transgressor repare danos e não sejamais visto como tal. O engajamento cooperativo é elemento essencial da justiça restaurativa,que trata de suprir as necessidades emocionais e materiais das vítimas e, ao mesmo tempo,fazer com que o infrator assuma responsabilidade por seus atos, mediante compromissosconcretos. (Vasconcelos, 2008). Com isso, este estudo tem por finalidade explorar oentendimento que os diretores de escolas públicas têm da Justiça Restaurativa, buscando-se, portanto, responder ao seguinte problema de pesquisa: Qual é a percepção de diretores deescolas públicas de uma cidade serrana do Rio Grande do Sul sobre Justiça Restaurativa nasescolas? Participaram desse estudo quinze diretoras de escolas públicas de uma cidadeserrana do Rio Grande do Sul. Foi realizado um grupo focal, gravado e transcrito paraposterior análise e interpretação, com base no método de Análise de Conteúdo de Bardin.Verificou-se que o tema Justiça Restaurativa, ainda é pouco conhecido pelos diretores,embora já tenham tido algum contato com o assunto, porém, mostraram grande interessesobre o tema e necessidade da realização de futuros projetos nas escolas e na comunidade em geral.

 

 

Downloads

Publicado

2012-08-21

Edição

Seção

Artigos