Dependência química e o tratamento integral humanizado pelo SUS

uma breve revisão de literatura

Autores

  • Daniela Paz Carvalho
  • Loiva dos Santos Leite
  • Ane Katiussa Siqueira Frohlich da Silva

Palavras-chave:

Dependência Química; Psicologia; Centro de Atenção Psicossocial.

Resumo

Este artigo trata-se de pesquisa realizada sobre o tratamento da dependência química no âmbito do SUS. Seu objetivo é compreender o que é a dependência química, quais são suas possíveis causas e quais as ferramentas e técnicas utilizadas pela psicologia no plano terapêutico dos pacientes com este diagnóstico. A temática foi definida a partir de uma observação em Estágio Básico I, de sessão de psicoterapia com usuários do grupo de prevenção à recaída. A metodologia utilizada foi uma revisão da literatura, incluindo artigos e livros acerca do tema. A pesquisa, que abrangeu fundamentos teóricos e atuação prática no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS AD), revela uma concepção de cuidado humanizado e integral ao usuário de drogas. Diferentes abordagens e formas de atuação foram trazidas, bem como os principais conceitos que fundamentam o atendimento multidisciplinar e interdisciplinar a esses pacientes. Abordagem Centrada na Pessoa, Psicoeducação com Teoria Cognitivo Comportamental (TCC), Arteterapia e Sociopsicodrama ilustram algumas das possibilidades do fazer psicológico e do manejo deste diagnóstico. A política de Redução de Danos, em substituição à idealização de uma abstinência definitiva, abre possibilidades para que o paciente siga o tratamento ainda que usando a droga ou tendo recaídas. Nesta perspectiva, o indivíduo é observado e atendido em sua totalidade, não meramente a sua doença. Porém, a falta de informação sobre os serviços e a estigmatização do dependente químico mantém muitos usuários sem buscar tratamento. O fortalecimento da rede pública e a permanente qualificação dos profissionais da saúde são essenciais para que os pacientes sejam atendidos de forma integral e humanizada.

Downloads

Publicado

2024-03-22