A influência do fenômeno Red Pill sobre os adolescentes

uma perspectiva Psicanalítica

Autores

  • Beatriz de Oliveira Scherer
  • Milene da Silva Fogaça
  • Aline da Silva Piason

Palavras-chave:

Red Pill; Misoginia; Adolescentes; Mídias sociais; Teoria Psicossocial.

Resumo

O movimento Red Pill recebeu reconhecimento midiático devido à disseminação do seu conteúdo nas mídias sociais. Permeado por ideais misóginos, abordando falas sobre masculinidade, empoderamento masculino e banalização do movimento feminista. O movimento Red Pill oferece manuais de comportamento para homens e leitura sobre a vivência das mulheres através de podcasts, vídeos curtos em redes sociais e tutoriais. O alastramento do discurso do movimento Red Pill alcança e tem como objetivo um público jovem, especialmente do sexo masculino. A Teoria Psicossocial do teórico psicanalítico Erik Erikson, entende que a adolescência é transposta por uma crise de identidade que leva à necessidade do jovem encontrar sua identidade. O presente estudo busca compreender a suscetibilidade da identificação de adolescentes do sexo masculino com o movimento Red Pill no viés da Teoria Psicossocial de Erikson. A pesquisa tem caráter qualitativo e foi construída a partir de documentos midiáticos que contém os pressupostos do movimento on-line. Em conjunção com a revisão da literatura com enfoque psicanalítico. Conclui-se que o movimento Red Pill continua em ascensão com a sua ideologia regrada por misoginia e supremacia masculina, alicerçada em ferramentas facilitadoras na sua proliferação, se tornando uma pauta social que deve ser valorizada e discutida. A partir da teoria de Erikson foi visto que a propensão dos adolescentes à uma identificação com o movimento não basta apenas na crise de confusão e coesão de identidade, mas também em crises anteriores onde há a influência de terceiros na formação da personalidade da criança. O psicólogo tem como um dos princípios fundamentais o olhar crítico e histórico para movimentos políticos, sociais, culturais e econômicos, devendo pautar sua formação constante nas ascensões da contemporaneidade.

Downloads

Publicado

2024-03-22