A importância do autocuidado para o enfrentamento dos sintomas da Fibromialgia

um estudo de caso

Autores

  • Elenir Castro de Mattos
  • Aline da Silva Piason
  • Anelise Meurer Renner

Palavras-chave:

Fibromialgia; Dor crônica; Autocuidado; Psicologia Humanista; Grupoterapia.

Resumo

A Fibromialgia (FM) é uma síndrome que causa dores crônicas de distribuição generalizada que afeta principalmente mulheres entre 30 e 55 anos de idade, cujo tratamento busca o alívio dos sintomas. Viver com as dores e limitações causadas por essa doença, muitas vezes "invisível", resulta em sintomas físicos e mentais, sendo mais comuns aqueles relacionados à depressão e ansiedade. A psicodinâmica dos sintomas, por sua vez, leva a dificuldades nos relacionamentos e a uma baixa adesão ao tratamento medicamentoso. A proposta de Grupoterapia com abordagem Humanista oportuniza um ambiente propício para trocas interpessoais, desenvolvimento do autoconhecimento e incentivo ao autocuidado. Tendo como base os postulados de Rogers, busca-se facilitar o desenvolvimento das forças pessoais os participantes, visando à autorrealização dos indivíduos. Diante do exposto, este artigo apresenta um estudo de caso de uma paciente de 59 anos, residente em Cachoeirinha, com diagnóstico de Fibromialgia, que participou de doze sessões de atendimento psicológico em grupo. Os atendimentos foram realizados em um Serviço-Escola de Psicologia de uma instituição de Ensino Superior na região metropolitana de Porto Alegre durante o primeiro semestre de 2023. Levando em consideração o envolvimento da paciente durante o processo e os relatos de sua percepção sobre a correlação entre o autocuidado e a melhora dos sintomas, foi possível conceber a contribuição do grupo para o desenvolvimento das forças pessoais da mesma, o que traz benefícios significativos no enfrentamento de sua condição de saúde. Além disso, ressalta-se a importância de realizar mais estudos que busquem compreender de forma integrativa as necessidades biopsicossociais das pessoas com fibromialgia, pois estes podem contribuir significativamente para o tratamento dos sintomas, uma vez que a cura ainda é desconhecida.

Downloads

Publicado

2024-03-22