Como os professores de um programa de alfabetização de uma instituição privada promovem o encantamento dos jovens e adultos no seu processo de alfabetização

Autores

  • Paula Correa de Souza
  • Cristiane Lumertz Klein Domingues

Palavras-chave:

Professor; Alfabetização; Educação; Estudante

Resumo

O presente artigo foi desenvolvido na disciplina de Prática Interdisciplinar: Educação Infantil, Anos Iniciais e Educação de Jovens e Adultos na Faculdade Cesuca Centro Universitário em Cachoeirinha-RS, que trata da questão de: “Como os professores de um programa de alfabetização de uma instituição privada promovem o encantamento dos jovens e adultos no seu processo de alfabetização''. A partir deste problema, iniciou-se uma pesquisa qualitativa do ponto de vista metodológico, sendo eles os principais autores da pesquisa: Freire (2015), Gerring (2019), Loureiro (2005), Moll (2008), Sampaio et al. (2009). A partir destes autores, encontrou-se materiais que relatam a importância do quanto é essencial a relação entre o professor e o estudante, para que ocorra uma aprendizagem significativa, além de favorecer a permanência do aluno perante os estudos, na medida em que o educador busca compreender e relacionar-se afetivamente com seus educandos. Buscou-se respostas mais concretas a partir de observações das aulas e entrevistas com os estudantes e a educadora titular. Na entrevista com os discentes, procurou-se compreender os motivos pelo qual precisaram abandonar os estudos ainda enquanto crianças e o que os trouxeram a retornar após tantos anos longe da escola. Através do questionário realizado com a professora titular, foi possível entender a maior dificuldade em manter os discentes presentes em sala de aula, pois na grande maioria dos casos são problemas pessoais que impossibilitam que continuem frequentando a escola. As observações, apresentaram a relevância do vínculo entre o docente e o discente, mediante a postura da educadora com eles, notou-se que há de fato uma aprendizagem significativa, e com ela os estudantes da modalidade EJA sentem-se motivados a continuar frequentando a instituição, além de se sentirem pertencentes a ela.

Downloads

Publicado

2024-03-22