Exercícios aeróbicos em pacientes com fibromialgia

Autores

  • Luiza Lopes Tavares
  • Isadora Machado Araújo Da Silva
  • Caroline Bica Bildhauer
  • Fernanda Barros Schreiner
  • Gabriel Fonseca Silva
  • Geraldo Passos Bittencourt
  • João Pedro Cunha De Oliveira
  • Lorenzo Guedes Baseggio
  • Matheus Padilha Gonçalves
  • Gabriel Lessa Barcelos
  • Luiz Erostildes Aver
  • Sílvia Lemos Fagundes
  • Sandra Magali Heberle

Palavras-chave:

Fibromialgia; Exercícios; Aeróbicos;

Resumo

A fibromialgia (FM) é uma doença idiopática, ou seja, não tem um diagnóstico preciso. Sendo uma doença reumática, que compromete o sistema fibromuscular de indivíduos, acometendo principalmente as mulheres. Os tratamentos não-farmacológicos, consistem em exercícios com pouco impacto, carga reduzida e aeróbicos como por exemplo, danças, bicicleta, caminhadas, fisioterapia aquática, baseados na melhora do condicionamento físico e na mobilidade das articulações. Além disso, estudos apontam que a fibromialgia está relacionada com fatores psicológicos, cerca de 74% dos pacientes com FM desenvolvem depressão ao decorrer do estado que a doença evolui e 30% com o diagnóstico previsto de fibromialgia. Com essa relação psíquico e muscular que a FM apresenta, evidencia-se que os exercícios aeróbicos auxiliam no equilíbrio emocional, estimulando a liberação de neurotransmissores como a serotonina. O projeto de extensão da Brigada Militar e colaboradores, supervisionado pelos professores Luiz Aver e Silvia Lemos, teve como objetivo de proporcionar aos alunos experiências reais com pacientes de diferentes patologias. Uma delas foram vivenciadas com 2 pacientes do gênero feminino, com faixa etária de 57 e 58 anos de idade, diagnosticadas com fibromialgia. A abordagem do tratamento em questão, foi com base no apoio de sessões em grupo, priorizando mobilidade, fortalecimento e auxiliando no autoconhecimento das suas limitações, visando precaver possíveis lesões e/ou fadigas desnecessárias, para tanto, foi planejado periodicamente a presença de exercícios aeróbicos como esteira e bicicleta, tendo como objetivo o aumento da frequência cardiorrespiratória, resistência física, assim como mobilidade dos membros em simulação de caminhada lenta/rápida para análise de marcha e estimulação dos reflexos. Contudo, realizou-se com ênfase a cinesioterapia, exercícios para o fortalecimento de membros superiores, inferiores e principalmente a coluna. Foram utilizados muitos equipamentos como bolas, bastões, faixas elásticas, aparelhos de eletroestimulação, pesos e outras diversas ferramentas que contribuem para evolução de ambas as pacientes, algo que já se nota consideravelmente. A clínica de fisioterapia da Cesuca-Centro Universitário nos proporcionou a estrutura ideal para realizar um tratamento eficiente.

Downloads

Publicado

2024-03-22