A Fisioterapia onco-funcional em pacientes pediátricos com tumor da fossa posterior

uma revisão bibliográfica

Autores

  • Sonia Lemos da Silva
  • Sílvia Lemos Fagundes

Palavras-chave:

Tumor pediátrico, Fossa posterior, Reabilitação motora Fisioterapia

Resumo

O sistema nervoso central é afetado por uma grande variedade de tumores cerebrais que acarretam uma alta morbidade e estão associados a uma série de complicações neurofuncionais. Os tumores na fossa posterior são considerados lesões cerebrais críticas, principalmente resultante, ao espaço limitado dentro da fossa posterior e ao potencial envolvimento de núcleos vitais do tronco encefálico. Os pacientes pediátricos de tumor de fossa posterior apresentam uma série de deficiências cognitivas e motoras que requerem reabilitação. OBJETIVO: Este estudo de revisão da literatura científica apresenta como objetivo, descrever o quadro clínico, e a reabilitação fisioterapêutica onco-funcional de pacientes pediátricos com tumores da fossa posterior. MÉTODOS: Revisão da literatura científica compreendendo a busca dos artigos entre os anos de 2021 e 2023, através das bases de dados Descritores de Saúde, Biblioteca Virtual da Saúde, PubMed e Google Acadêmico e Science Direct. RESULTADOS: Em relação ao quadro clínico foram encontrados 4 estudos relacionados a complicações neurológicas e funcionais, e 3 artigos que abordaram propostas de intervenções de reabilitação fisioterapêutica onco-funcional. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A partir deste estudo, considera-se que a fisioterapia onco-funcional em pacientes pediátricos com tumor da fossa posterior, minimiza os impactos neurofuncionais proporcionando ao paciente a autonomia de realizar atividades e agregando melhores condições na reinserção social.

Downloads

Publicado

2024-03-22