Cimentos biocerâmicos utilizados na endodontia

uma revisão de literatura

Autores

  • Diego Martins LUIZ Centro Universitário Cesuca
  • Nélio Bairros DORNELLES JUNIOR Centro Universitário Cesuca

Resumo

A função da etapa obturadora na terapia endodôntica é de impedir ou dificultar o crescimento das bactérias que não forem eliminadas no processo de limpeza e desinfecção. Os materiais de preenchimento do sistema de canais radiculares exibem grande importância na terapia endodôntica, tendo como objetivo vedar a raiz de forma eficaz e proporcionar a reparação dos tecidos. Tradicionalmente a obturação é composta por guta-percha e cimento endodôntico. Materiais a base de biocerâmica foram introduzidos na endodontia, principalmente como cimento de reparação e cimento obturador. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar as propriedades dos cimentos biocerâmicos utilizados na endodontia. Foi realizado uma revisão de literatura na base de dados Pubmed, incluindo artigos que avaliassem as propriedades ou o uso dos cimentos biocerâmicos na endodontia. A inserção de materiais biocerâmicos teve uma grande importância dentro da terapia endodôntica, em razão de suas propriedades de biocompatibilidade e excelente propriedades físico-quimica, pois são caracterizados como bioativos e biodegradáveis, sendo aplicados dentro da endodontia como materiais cerâmicos que partilham uma característica comum de serem projetados especificadamente para suprir suas funções: agir como cimentos do canal radicular ou como reparador. Os cimentos biocerâmicos foram desenvolvidos especificadamente para utilização odontológica, podendo incluir alimina, zircônia, vidro bioactivo, cerâmica, hidroxiapatita e fosfato de cálcio. Conforme os fabricantes, os cimentos biocerâmicos apresentam atividade antibacteriana, pH alcalino, biocompatibilidade e radiopacidade, estes também têm a capacidade de durante seu tempo de presa, produzir hidroxiapatita e eventualmente uma superfície de adesão entre a parede da dentina radicular e o material obturador. Ainda que os cimentos biocerâmicos não apresentem todas as características de um cimento endodôntico ideal, os cimentos biocerâmicos apresentam-se com propriedades físico-químicas promissoras como material de obturação endodôntica. Propriedades como biomineralização e biocompatibilidades destes cimentos endodônticos tornam-nos promissores inclusive como material alternativo nos casos de capeamento pulpar direto

Downloads

Publicado

2021-12-03