A escala de Coma de Glasgow e o conhecimento do enfermeiro na sua aplicação

Autores

  • Ariadne WEBER Centro Universitário Cesuca
  • Fatima Helena CECCHETTO Centro Universitário Cesuca

Resumo

A Escala de Coma de Glasgow (ECG) é uma escala clínica desenvolvida com o intuito de avaliar a profundidade e a duração do comprometimento da consciência e do coma. Objetivo: O presente estudo tem por objetivo verificar o conhecimento dos enfermeiros sobre a aplicação da Escala de Coma de Glasgow. Metodologia: A metodologia baseia-se em pesquisa de natureza quantitativa, do tipo transversal utilizando um questionário de conhecimento específico composto por catorze perguntas e um questionário sociodemográfico composto por nove perguntas. Resultados: No total dos 14 entrevistados, sua maioria são do sexo feminino (13), representando 92,9% do total da amostra, seguido por apenas um participante do sexo masculino (1), representando 7,1%, em relação à faixa etária, apresentou- se entre 24 anos e 60 anos. Sobre a formação dos entrevistados evidenciou-se uma predominância de profissionais com pós-gradução (9), representando 64,3%, em contrapartida apenas um (1) dos entrevistados possui mestrado, representando 7,1%. De acordo com os resultados da amostra no conhecimento específico ficou categorizado entre "muito bom" e "bom", sendo dez participantes tendo pontuado entre 80%-100% da pesquisa (71,4%) e quatro pontuando entre 50-70% (28,6%). Conclusão: Diante dos resultados dos participantes, ainda que em sua maioria tenha pontuado de forma satisfatória, todos erraram quando as questões se tornavam mais específicas sobre a ECG, afunilando o conhecimento.

Downloads

Publicado

2021-12-03