Relato de experiência sobre a importância da utilização da escala de ELPO

Autores

  • Cristina Petró ARÉSI Centro Universitário Cesuca
  • Fatima Helena CECCHETTO Centro Universitário Cesuca

Resumo

Introdução: Devido ao fluxo de cirurgias durante o dia em um centro cirúrgico, muitos profissionais já estão acostumados a longos procedimentos cirúrgicos, organizam e preparam a sala, montam a cama cirúrgica para cada tipo de posição onde será realizado o procedimento, quando acomodam o paciente para o ato cirúrgico deve-se ter o cuidado com os riscos de lesões que possam acometer o paciente. Durante um procedimento de coluna uma paciente ficou por um longo período em posição de prona com o tórax e abdômen em um cavalete, sedada e entubada, após o ato cirúrgico acomodando a paciente em um leito de sala de recuperação foi observado uma lesão por pressão em região do abdômen devido a um defeito na proteção de estofamento do cavalete. Objetivo: Relatar uma experiência vivida por uma acadêmica de enfermagem. Metodologia: Relato de experiência. Resultados e Discussão: Segundo (COFEN) Para manter a segurança cirúrgica destes pacientes deveria ter uma revisão de materiais e de posicionamento, uma avaliação de risco para o desenvolvimento de lesões decorrentes do posicionamento do paciente, pensando nisso Camila Mendonça de Moraes Lopes, universidade de São Paulo, durante o seu doutorado desenvolveu a escala de ELPO, visando diminuir estes riscos, A ELPO engloba 7 itens como, tipo de posição, tempo de cirurgia, tipo de anestesia, superfície e suporte, posição dos membros,comorbidades idade do paciente e seu score vai de 7 a 35, quanto maior o score maior as chances de lesões.

Downloads

Publicado

2021-12-03