Ferramentas da qualidade no chão de fábrica para melhorar o desempenho e qualidade na liberação de equipamentos em indústria de tecnologia

um estudo de caso

Autores

  • Joãos Batista dos Santos FERNANDES Centro Universitário Cesuca
  • Eduardo Roberto Soares BATISTA Centro Universitário Cesuca

Resumo

No mundo empresarial é cada vez maior a cobrança, seja por qualidade, seja por desempenho, nos produtos e serviços fornecidos. As reprovações ou retrabalhos de equipamentos representam um custo que incidirá diretamente nos resultados financeiros da empresa. O estudo de caso em questão foi inserido no ramo da indústria de tecnologia de Automação Bancária, onde foram implementadas ferramentas de qualidade para melhorar os índices da qualidade do produto final, com os objetivos de agregar maior desempenho na liberação dos produtos e reduzir os índices da não qualidade. O objetivo do trabalho é o de reduzir o número de máquinas reprovadas por presença de sujeira em seu sistema. No decorrer do trabalho, para reduzir o índice de máquinas reprovadas no teste final da empresa por motivos de sujeira, foram utilizadas as seguintes ferramentas de qualidade: Método de Análise e Soluções de Problemas (MASP), Gráfico de Pareto, Diagrama espinha de Peixe e o 5W2H. O projeto foi implementado no setor de montagem final da empresa. Nesse setor, as máquinas eram reprovadas com grande facilidade por motivos de sujeira, dificultando alcançar a meta número de máquinas expedidas pela empresa diariamente. Depois de realizado o levantamento do número de máquinas com problemas de sujeira, foi identificado que 91,54% das máquinas eram reprovadas por esse motivo. A meta proposta era reduzir os problemas de sujeira para 64,08%. Como método de trabalho, foi utilizando o Gráfico de Pareto para identificar os problemas mais representativos, ou seja, Parafusos 64,86 %, amarilha 86,49 % e limalha 100%. A seguir, foi elaborado um Diagrama de causa e efeito para identificar a causa raiz, tendo como destaque os seguintes pontos: a falta de comprometimento, dificuldade de pegar os parafusos, falta de cobrança, montador não tinha conhecimento, inexistência de cronograma de treinamento, e colaboradores sem experiência. Com esses resultados, foi elaborado um plano de ação para atuar na causa raiz (5W2H). Dentre as ações realizadas estão a inserção de aspiradores no teste final, treinamento para montadores, e projeto e fabricação de um dispositivo especial para imantar as ponteiras das chaves para evitar queda dos parafusos dentro das máquinas. Após a implementação do projeto, o resultado foi que somente 11,03% das máquinas foram reprovadas por motivos de sujeira, ou seja, uma redução de 80,51% dos problemas iniciais, evidenciando na prática a qualidade e performance na liberação dos produtos no teste final.

Downloads

Publicado

2021-12-03