Rotinas pedagógicas no ensino pandêmico da educação infantil

Autores

  • Giovana Lagranha de SOUZA Centro Universitário Cesuca
  • Lucena SOARES Centro Universitário Cesuca
  • Cristiane Lumertz Klein DOMINGUES Centro Universitário Cesuca

Resumo

O presente artigo apresenta indagações sobre o estabelecimento da rotina no ensino da Educação Infantil, durante a Pandemia da Covid-19. Através de uma pesquisa qualitativa e de um questionário destinado à algumas profissionais da área da educação, evidenciou-se quais as principais mudanças às quais foram submetidas a rotina de uma escola de Educação Infantil, dentre as quais destacou-se os ambientes de ensino, pedagógicos ou não-pedagógicos; flexibilidade da escola; parceria entre família e docentes; recursos tecnológicos e plataformas de ensino on-line, bem como manutenção do vínculo afetivo entre corpo docente e discente. Esta pesquisa tinha o objetivo de compreender como se deu a atuação do professor no novo espaço de aprendizagem e reconhecer como e quais recursos tecnológicos e metodologias de ensino podem ser empregados, no contexto da educação infantil pandêmico, para contribuir com o desenvolvimento dos alunos de 0 a 5 anos. Para tanto, o problema desta pesquisa perseguiu o seguinte questionamento: Qual o papel do professor no desenvolvimento do trabalho com a rotina de maneira remota? A partir dessas análises e diferentes óticas para a vivência relatada pelas profissionais, constatou-se quais estratégias e intervenções pedagógicas foram pertinentes para promover múltiplas formas de aprendizagem e contribuir para o desenvolvimento dos estudantes e que a rotina precisa ser considerada no andamento da aula, mesmo que de maneira remota, as famílias e a escola precisaram encontrar flexibilidade nela e aderiram à diversas formas de reorganização para que ela acontecesse.

Downloads

Publicado

2021-12-03