Bioatividade e eficácia do uso de peptídeos de colágeno na prevenção do envelhecimento cutâneo

Autores

  • Bruna Benites SZALANSKI Centro Universitário Cesuca
  • Bruna AMORIN Centro Universitário Cesuca
  • Luciane Rosa FEKSA Centro Universitário Cesuca

Resumo

A pele é o maior órgão do corpo humano, sua estrutura é formada por três camadas: a epiderme, a derme e a hipoderme, cada uma com suas funções específicas. Embora a pele jovem tenha uma aparência mais firme, lisa e radiante, ao longo do tempo ocorrem mudanças profundas em sua estrutura, por meio de processos de envelhecimento intrínseco e extrínseco. O envelhecimento é um processo fisiológico e natural de todo ser humano, onde a pele é uma das principais marcas de idade cronológica. Sendo o sol o principal responsável pelo fotoenvelhecimento cutâneo prematuro, a sua exposição pode ativar metaloproteinases que são responsáveis pela degradação acelerada de colágeno na matriz extracelular. O colágeno, uma proteína de origem animal, tem como função no organismo contribuir com a integridade do tecido conjuntivo. Ele compõe cerca de 30% das proteínas do corpo e se diferencia em cerca de 25 tipos distintos, no início da fase adulta é notada uma diminuição da sua produção e consequentemente ocorre uma perda cutânea que resulta na diminuição da elasticidade dérmica bem como perda de sua integridade estrutural, além disso ocorre o desenvolvimento e aprofundamento dos vincos e rugas faciais- os principais sinais conhecidos do envelhecimento cutâneo. Este trabalho tem como objetivo revisar sobre a bioatividade e a eficácia do uso de peptídeos de colágeno na prevenção do envelhecimento cutâneo. Trata-se de uma revisão bibliográfica integrativa, em que serão selecionados artigos publicados no período de 2018 a 2021 que abordarem esse tema. O material será pesquisado em diferentes bases eletrônicas: Scielo, Pubmed e biblioteca virtual em saúde (BVS) nos idiomas de português e inglês. A pesquisa dispensa aprovação ética, pois os dados estão publicamente disponíveis, não havendo utilização de dados privilegiados. Nas últimas décadas, pesquisadores mostram-se muito interessados em investigar a possível associação entre saúde da pele e nutrição. Estudos de intervenção afirmam que a suplementação com ingredientes dietéticos tem papel potencial na modulação do envelhecimento cutâneo ou em retardá-lo. Produtos contendo peptídeos de colágeno são bioativos naturais presentes em muitos suplementos e nutricosméticos, administrados por via oral, que fornecem inúmeros benefícios para a saúde e a pele. Sua suplementação apresenta uma bioatividade de dupla ação na pele que, em primeiro momento, fornece o bloco de construção para a formação de elastina e colágeno e, após, atua como ligante ou receptor de ligação em fibroblasto para estimular os componentes mencionados e o ácido hialurônico.

Downloads

Publicado

2021-12-02