Metodologia e prática de Leitura em sala de aula

Autores

  • Jeize de Fátima Batista Grzechota URI- Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - Campus de Santo Ângelo
  • Sônia Maria Piccoli URI- Santo Ângelo

Resumo

A necessidade de uma reflexão em busca de metodologias, no que se refere ao desenvolvimento das interpretações propostas nas aulas de Língua Portuguesa, que favoreçam a relação entre leitor-texto-mundo, priorizando a leitura crítica, analítica e a produção de sentidos, levou-nos a realizar este artigo. A proposta é de um trabalho, a partir de textos, considerando-os como objetos empíricos, inacabados, lugar onde ocorre a constituição dos sentidos, no qual as crianças irão construindo os saberes em Língua Materna. Dessa forma, o texto não é visto com um pretexto para o ensino de gramática, mas, sim, como um veículo de manifestação de cultura, ideologias e saberes. Assim, o ensino normativo dá espaço a uma metodologia que trabalha a língua em seu funcionamento, na qual a leitura é vista como prática de conhecimento, onde há um processo de construção e constituição de sujeitos, bem como uma efetiva produção de sentidos que leve em consideração o encontro das manifestações ideológicas com a linguagem.

 

Palavras-chave: Leitura, Prática Docente e Ensino

Biografia do Autor

Jeize de Fátima Batista Grzechota, URI- Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - Campus de Santo Ângelo

Jeize de Fátima Batista Grzechota- Graduada em Letras pela URI- Capus de Santo Ângelo; Especialista em Língua Espanhola e Literatura Hispano-Americana pela URI - Campus de Santo Ângelo e Mestre em Letras pela UCPEL- Atualmente trabalha como professora de Língua Portuguesa e Língua Espanhola para alunos do Ensino Fundamental, Médio e Ensino Superior.

 

Sônia Maria Piccoli, URI- Santo Ângelo

Sônia Maria Piccolli - Professora do Curso de Pedagogia - URI - Campus de Santo Ângelo - Mestre em Educação pela PUCRS

Downloads

Publicado

2014-01-30