EDUCAÇÃO INCLUSIVA: UMA REFLEXÃO ACERCA DAS DIFICULDADES REAIS NA INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA/MOTORA

Autores

  • Aline Missel CESUCA - Faculdade Inedi

Resumo

 

A Educação Inclusiva tem como propósito repensar a organização de escolas e classes especiais no intuito de construir sistemas educacionais inclusivos. Contudo, requer mudanças em todas as instâncias, acarretando inúmeros questionamentos aos professores e técnicos que atuam nessa área. Por isso, objetivou-se a identificação das dificuldades encontradas por professores que atuam em escolas regulares com alunos com deficiência física/motora. Essa temática foi escolhida a partir de questionamentos explicitados durante a docência do módulo de Deficiências Físicas/Motoras e Inclusão do curso de Pós-graduação de Educação Especial: Recursos e Tecnologias para a Inclusão do CESUCA – Faculdade Inedi, em 2012/1. Caracteriza-se por uma pesquisa qualitativa descritiva, sendo os dados coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e analisados através da Análise de Conteúdo de Bardin. Constatando-se que os professores se sentem despreparados e solitários na busca por uma educação inclusiva de qualidade, demonstrando contradições entre o real e o ideal almejado.

Biografia do Autor

Aline Missel, CESUCA - Faculdade Inedi

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Luterana do Brasil (2003), especialização em Psicopedagogia Institucional pelo Cesuca – Faculdade INEDI (2007), especialização em Educação Inclusiva pela Faculdade de Tecnologia e Ciências (2010) e mestranda em Diversidade e Inclusão pela FEEVALE. Atua como Responsável Técnica do Projeto Multi-Estímulo (parceria da Prefeitura Municipal e APAE de Tapes-RS), com o objetivo de inclusão social e escolar de crianças com diagnóstico de Atraso no Desenvolvimento Neuropsicomotor. Administradora da Clínica Multifisio – Equipe Multidisciplinar especializada em reabilitação em Tapes-RS. Atuou na docência do curso de Especialização em Educação Especial e Tecnologias para a Inclusão (2011-2012) da Faculdade INEDI. Tem experiência nas áreas de reabilitação neurológica infantil e adulto, psicomotricidade, estimulação precoce, ergonomia e acessibilidade, inclusão social  e escolar de pessoas com deficiência física/motora.

Downloads

Publicado

2013-10-24