8. O CAMPO DAS CIÊNCIAS CRIMINAIS E SUAS SOCIOLOGIAS INVENTADAS

Autores

  • José Antônio Gerzson LINCK CESUCA, Faculdade Inedi

DOI:

https://doi.org/10.17793/rdd.v2i2.144

Resumo

O artigo problematiza o sentimento de perplexidade do personagem do livro O Processo, de Franz Kafka, ao perceber o funcionamento da malha jurídica, apresentando possibilidades de pesquisas criminológico/etnográficas de manifestações contemporâneas que exaltam a mesma perturbação no contato com os dispositivos jurídicos.

Downloads

Publicado

2012-11-16