6. A RELAÇÃO DA INTOLERÂNCIA SOFRIDA PELOS MIGRANTES A PARTIR DA ANÁLISE DA OBRA DE ALBERT CAMUS

Autores

  • Joseane Mariele Schuck PINTO UNISINOS

DOI:

https://doi.org/10.17793/rdd.v5i9.1061

Palavras-chave:

Intolerância, Migrantes, O Estrangeiro

Resumo

RESUMO: O presente objetiva, sob a ótica das relações internacionais, comparar a obra de Albert Camus: O Estrangeiro, que bem retrata um cenário de preconceitos e intolerância em relação ao personagem principal,  Meursault, com a questão migratória contemporânea.  Ocorre que a obra remonta ao cometimento do homicídio de um árabe pelo protagonista, dando início ao seu julgamento. Destaca-se que Meursault foi considerado culpado não pelo crime de homicídio, mas por desrespeitar preceitos morais reconhecidos como absolutos pela sociedade local. E, nesse sentido se procurará relacionar a intolerância enfrentada pelos migrantes, em um contexto do não reconhecimento do outro, enquanto outro, deflagrando, por sua vez a xenofobia.

Biografia do Autor

Joseane Mariele Schuck PINTO, UNISINOS

Mestre pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e Especialista em Relações Internacionais e Diplomacia pela mesma Universidade. Possui graduação em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Profissional liberal - Advogada. Pesquisadora na área do Direito Internacional e relações Internacionais: fluxos migratórios e refugiados. Professora visitante junto a Universidade do Vale do Rio dos Sinos nos Cursos de Extensão em Direito Internacional dos Refugiados (4ª edição), bem como no curso de Especialização em Direito Administrativo e Gestão Pública.

Referências

ACNUR. Disponível em: <http://www.acnur.orgl/>. Acesso em janeiro 2016.
AGAMBEN, Giorgio. Homo Sacer. O poder soberano e a vida nua I. Tradução Henrique Burigo, 2ª ed. Belo Horizonte: Editora UFMG. 2010.

CAMUS, Albert. O Estrangeiro. Rio e Janeiro: Editora Record, 1995.

Carta Capital de 14/01/2016, p. 3. Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/internacional/a-resposta-hungara-a-crise-de-refugiados-e-o-velho-dilema-europeu-9197.html, acesso em janeiro de 2016.

DERRIDA, Jacques. Anne Duformantelie convida Jacques Derrida a falar da Hospitalidade. Tradução Antônio Romane. São Paulo: Ed. Escuta, 2003.

IOM – Organização Internacional para Migrações. Disponível em: <http://www.iom.int/cms/en/sites/iom/home/about-migration/key-migration-terms-1.html#Forced migration>, acesso em janeiro de 2016.

NEGRI, Antônio. Cinco lições do Império – Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

Publicado

2016-01-31