O desenvolvimento do vínculo mãe bebê após o diagnóstico de Sindrome de Down

  • ADRIANA ALVES STEDILE
  • LARISSA DIAS DA SILVA PSICÓLOGA DO INSTITUTO DE CARDIOLOGIA, HOSPITAL PADRE JEREMIAS/RS.
  • FERNANDA VAZ HARTMANN PROFESSORA DA FACULDADE CESUCA.

Resumo

Este artigo é resultado do trabalho do estágio profissional II da aluna de psicologia da faculdade Cesuca no Hospital Padre Jeremias de Cachoeirinha/RS. O estudo de caso apresentado advém da prática da estagiária como apoio e suporte psicológico a gestante de risco ao ter conhecimento do diagnóstico de Síndrome de Down de seu bebê. As intervenções foram realizadas através do atendimento clínico com a paciente “S” durante quatro encontros, recebendo o delineamento de pesquisa qualitativa com estudo de caso único, em que foram selecionados frases da paciente, representativas de sentido e analisadas através da AFI (Análise Fenomenológica Interpretativa). O artigo mostra o desenvolvimento do vínculo mãe/bebê e a importância do suporte da psicologia em ambiente hospitalar como promoção de saúde mental.
Publicado
2014-09-15
Como Citar
STEDILE, ADRIANA ALVES; DA SILVA, LARISSA DIAS; HARTMANN, FERNANDA VAZ. O desenvolvimento do vínculo mãe bebê após o diagnóstico de Sindrome de Down. SAÚDE MENTAL EM FOCO DO CESUCA - ISSN 2316-3674, [S.l.], v. 3, n. 1, set. 2014. ISSN 2316-3674. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/saudementalemfoco/article/view/641>. Acesso em: 24 ago. 2017.
Seção
Artigos