Manipulação Neonatal, Ocitocina e Comportamentos Sociais em roedores.

  • Ana Raquel Karkow CESUCA
  • Tatiana Gomes Rosa UFRGS

Resumo

O período inicial da vida dos animais é de fundamental importância para a formação das ligações sociais e o estabelecimento da relação do indivíduo com o ambiente. O contexto do neonato é o aspecto mais importante de estimulação para os ratos recém-nascidos sendo de fundamental importância para a organização de respostas comportamentais durante as etapas precoces do desenvolvimento. Observamos na literatura a importância da experiência precoce como moduladora das respostas comportamentais sociais ainda no período neonatal e na puberdade. Conclui-se assim, que, a manipulação no período neonatal interfere negativamente no estabelecimento de relações sociais, podendo ter como causa uma possível alteração no sistema ocitocinérgico.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Psicologia, Neurociências.
##submission.authorWithAffiliation##
Psicologia, Fisiologia.
Publicado
2014-09-15
Como Citar
KARKOW, Ana Raquel; ROSA, Tatiana Gomes. Manipulação Neonatal, Ocitocina e Comportamentos Sociais em roedores.. SAÚDE MENTAL EM FOCO DO CESUCA - ISSN 2316-3674, [S.l.], v. 3, n. 1, set. 2014. ISSN 2316-3674. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/saudementalemfoco/article/view/633>. Acesso em: 24 ago. 2017.
Seção
Artigos