2. A Síndrome de Burnout em profissionais de enfermagem

uma revisão integrativa

  • Janaina da Cruz CARDOSO Cesuca Centro Universitário
  • Marcia Dornelles Machado MARIOT Cesuca Centro Universitário
  • Dayane de Aguiar CICOLELLA Cesuca Centro Universitário
  • Douglas Pereira ELIZANDRO Cesuca Centro Universitário

Resumo

A Síndrome de Burnout (SB) é considerada um dos principais problemas psicossociais que atingem os profissionais de enfermagem. Objetivo: investigar na literatura científica nacional a produção do conhecimento sobre as relações entre a Síndrome de Burnout e os profissionais de enfermagem. Método: revisão integrativa (RI) que desenvolvida segundo as etapas propostas por Cooper. A coleta de dados foi realizada nas bases de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Electronic Livrary Online (SCIELO) e Banco de Dados em Enfermagem (BDENF). Resultados: foram encontrados 413 artigos, sendo 199 dispostos na base de dados LILACS, 10 na BDENF e 04 na SCIELO. Após filtros e uso de critérios (artigos originais, publicados no período de 01 de janeiro de 2014 a 31 de dezembro de 2018, idioma português) foram selecionados 15 estudos. Discussão: os principais achados desta revisão integrativa envolvem os tópicos: Carga de trabalho na enfermagem; Consequências físicas e mentais da síndrome no trabalhador e Estratégias de enfrentamento dos sintomas em acometidos. Considerações Finais: a prevenção da SB é muito importante para os trabalhadores da área da saúde e deve ser abordada em nível organizacional e coletivo. A enfermagem é uma profissão estressante devido ao contato constante com doenças, expondo a equipe aos fatores de risco de natureza química, biológica, física e psíquica.

Publicado
2021-07-02
Como Citar
CARDOSO, Janaina da Cruz et al. 2. A Síndrome de Burnout em profissionais de enfermagem. REVISTA CUIDADO EM ENFERMAGEM-CESUCA - ISSN 2447-2913, [S.l.], v. 7, n. 8, p. 11-24, july 2021. ISSN 2447-2913. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/revistaenfermagem/article/view/1927>. Acesso em: 24 sep. 2021. doi: https://doi.org/10.26843/rcec.v7i8.1927.