6. DIFICULDADES VIVENCIADAS PELAS NUTRIZES NO PROCESSO DE ALEITAMENTO MATERNO

UMA REVISÃO INTEGRATIVA

  • Fabiana Bittencourt RABELLO Cesuca- Faculdade Inedi
  • Márcia Dornelles Machado MARIOT Cesuca- Faculdade Inedi

Resumo

Objetivo: Conhecer as dificuldades vivenciadas pelas nutrizes no processo de aleitamento materno. Trata-se de uma revisão integrativa realizada por meio da pesquisa nas bases de dados LILACS e SCIELO, entre os meses de agosto e setembro de 2017, com a análise dos mesmos utilizando um quadro sinóptico caracterizando as informações coletadas e os resultados destas, e posteriormente apresentados de forma descritiva. Resultados e discussão: As principais dificuldades encontradas pelas nutrizes no processo de amamentação são: posicionamento inadequado da mãe e/ou do bebê na amamentação; trauma mamilar; crença em mitos relacionados ao leite materno; falta de conhecimento das nutrizes; falta de incentivo e orientação às nutrizes por parte dos profissionais de saúde; trabalho materno fora do lar; introdução precoce de alimentos complementares; uso de bicos artificiais, mamadeiras e chupetas; intercorrências com o neonato; fatores psicológicos maternos; falta de apoio familiar; intenção da mulher em não amamentar; pouca idade materna e sua baixa escolaridade. Conclusão: Identificando os fatores que dificultam o processo de amamentação e que promovem o desmame precoce encontradas pelas nutrizes, os profissionais de saúde estarão mais bem capacitados para ofertar um atendimento qualificado às nutrizes, contribuindo para a melhora dos índices de Aleitamento Materno.

Publicado
2019-03-01
Como Citar
RABELLO, Fabiana Bittencourt; MARIOT, Márcia Dornelles Machado. 6. DIFICULDADES VIVENCIADAS PELAS NUTRIZES NO PROCESSO DE ALEITAMENTO MATERNO. REVISTA CUIDADO EM ENFERMAGEM-CESUCA - ISSN 2447-2913, [S.l.], v. 5, n. 6, p. 68-81, mar. 2019. ISSN 2447-2913. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/revistaenfermagem/article/view/1421>. Acesso em: 24 mar. 2019. doi: https://doi.org/10.26843/rcec.v5i6.1421.