4. RELAÇÕES ENTRE QUALIDADE VIDA, CÂNCER DE MAMA E HORMONIOTERAPIA

  • Tatiana Barbieri SANTANA
  • Dayane de Aguiar CICOLELLA CESUCA
  • Cristine KASMIRSCKI
  • Karina Amadori Stroschein NORMANN
  • Tanisa LANZARINI

Resumo

Objetivo: revisar as produções científicas brasileiras sobre a temática da qualidade de vida de mulheres com câncer de mama, em tratamento com hormonioterapia. Método: Trata-se de um estudo do tipo bibliográfico, descritivo, exploratório. A coleta de dados foi realizada por meio do levantamento de artigos científicos nas bases de dados LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e SCIELO (Scientific Eletronic Library Online), no mês de agosto de 2016. Resultados e Discussões: a partir das publicações selecionadas foi possível conhecer que o tratamento hormonal apresenta influência na sexualidade da mulher, sendo considerado um importante fator relacionado à qualidade de vida. O prejuízo na função sexual está relacionado a baixa autoestima, medo de perda da fertilidade, transição menopausa durante o tratamento e história de relacionamento conjugal considerado insatisfatório. Considerações finais: O estudo permitiu refletir sobre a importância das orientações e esclarecimentos quanto aos benefícios, riscos e efeitos colaterais do tratamento para câncer de mama com hormonioterapia.

Referências

1. Inca. Instituto Nacional de Câncer. Câncer de mama. Rio de Janeiro, 2017.
2. Guimarães A, ANJOS a. Caracterização Sociodemográfica e Avaliação da Qualidade de Vida em Mulheres com Câncer de Mama em Tratamento Quimioterápico Adjuvante. Revista. Bras. Cancerol, v. 4, n.58, p. 581-92, 2012.
3. PEREIRA E., TEIXEIRA C., SANTOS A. Qualidade de vida: abordagens, conceitos e avaliação. Rev. bras. Educ. Fís. Esporte, São Paulo, v.26, n.2, p.241-50, abr./jun. 2012.
4. LEITE F. et al. Estratégias de enfrentamento vivenciadas por mulheres com diagnóstico de câncer de mama em uso de tamoxifeno. REME, v. 3, n. 15, p. 394-398, 2011.
5. VERENHITACH et al. Câncer de mama e seus efeitos sobre a sexualidade: uma revisão sistemática sobre abordagem e tratamento. FEMINA, v. 42, n. 1, p. 1-10, 2014.
6. ARÊDES, Thaís Benicá et al. Nível de informação e qualidade de vida em mulheres após o câncer de mama. Salusvita, v. 34, n. 2, 2015.
7. BEZERRA, Karla Barros, et al. Qualidade de vida de mulheres tratadas de câncer de mama em uma cidade do nordeste do Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 7, n. p. 1933-1941, 2013.
8. GARCIA, Sabrina Nunes et al. Os domínios afetados na qualidade de vida de mulheres com neoplasia mamária. Rev. Gaúcha Enferm. (Online), v. 36, n. 2, p. 89-96, 2015.
9. FURLAN, Vanessa Lacerda Alves, et al. Qualidade de vida e autoestima de pacientes mastectomizadas submetidas ou não a reconstrução de mama. Revista Bras. Cir. Plást., v. 2, n. 28, p. 264-9, 2013.
10. Souza B.F et al. Mulheres com câncer de mama em uso de quimioterápicos: sintomas depressivos e adesão ao tratamento. Rev. Latino-Am. Enfermagem, v. 22, n. 5, p.866-73, 2014.
11. GOMES, Nathália Silva; SOARES, Maurícia Brochado Oliveira; SILVA, Sueli Riul da. Autoestima e qualidade de vida de mulheres submetidas à cirurgia oncológica de mama. REME, v. 19, n. 2, p. 120-132, 2015.
12. SANTOS, Manoel Antônio dos et al. A (in) sustentável leveza dos vínculos afetivos: investigando a sexualidade em mulheres que enfrentam o tratamento do câncer de mama. Vínculo, v. 10, n. 1, p. 01-08, 2013.
13. GOZZO, Thais de Oliveira et al. Náuseas, vômitos e qualidade de vida de mulheres com câncer de mama em tratamento quimioterápico. Rev. Gaúcha Enferm. (Online), v. 34, n. 3, p. 110-116, 2013.
14. LAGARES, Érika Barbosa et al. Excesso de peso em mulheres com diagnóstico de câncer de mama em hormonioterapia com tamoxifeno. Revista. Bras. Cancerol., v. 59, n. 2, p. 201-210, 2013.
15. FREITAS-JUNIOR et al. Modificação endometrial intensa induzida por tamoxifeno no tratamento do câncer de mama. Rev Bras Mastologia. v.25, n.3, p.97-98, 2015.
Publicado
2018-02-08
Como Citar
SANTANA, Tatiana Barbieri et al. 4. RELAÇÕES ENTRE QUALIDADE VIDA, CÂNCER DE MAMA E HORMONIOTERAPIA. REVISTA CUIDADO EM ENFERMAGEM-CESUCA - ISSN 2447-2913, [S.l.], v. 4, n. 5, p. 38-46, fev. 2018. ISSN 2447-2913. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/revistaenfermagem/article/view/1418>. Acesso em: 14 dez. 2018.