4. Análise da evolução da contabilidade brasileira durante o período Joanino

  • Filipe Martins da SILVA Professor mestre da Cesuca
  • Paulo SCHMIDT Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
  • Marco Antônio dos Santos MARTINS Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Resumo

A transferência da Corte Portuguesa para o Brasil teve repercussões no desenvolvimento de Portugal e do Brasil. Este estudo tem como objetivo de identificar principais contribuições ao desenvolvimento da Contabilidade Brasileira com a vinda da Família Real Portuguesa ao Brasil. Para a elaboração do estudo optou-se por uma metodologia de pesquisa descritiva quanto ao seu objetivo, e qualitativa quanto a sua abordagem, tendo como procedimentos uma pesquisa bibliográfica e documental. Com a instalação da Corte Portuguesa na colônia em 1808 tornou-se necessário a constituição de um novo Estado Nacional, transportando todo aparato burocrático que já existia em Lisboa para atender as necessidades da Coroa. A abertura dos portos colaborou com o desenvolvimento socioeconômico na colônia. O aumento do desenvolvimento social provocou um aumento de gastos, exigindo um controle maior das contas públicas do Estado, sendo necessário a implantação do Erário Régio, órgão responsável por esse controle. Durante o período pré-colonial, o Brasil não possuía de uma maneira formal uma contabilidade. Com a vinda da Família Real Portuguesa para o Brasil e sua estrutura administrativa, ocorreu uma alavancagem nas negociações externas em decorrência da abertura dos portos às nações amigas, exigindo controles mais rígidos, havendo uma evolução na contabilidade brasileira. Foi possível identificar que as medidas tomadas por Dom João VI na contabilidade visavam a administração tributária, controle de receitas e gastos e também a fiscalização dos devedores de tributos, sendo que tais controles só passaram a existir a partir de 1808.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Atuamente atuo como profissional autônomo de Contabilidade e professor na área contábil.

Publicado
2019-12-12
Como Citar
SILVA, Filipe Martins da; SCHMIDT, Paulo; MARTINS, Marco Antônio dos Santos. 4. Análise da evolução da contabilidade brasileira durante o período Joanino. GESTÃO CONTEMPORÂNEA: REVISTA DE NEGÓCIOS DO CESUCA - ISSN 2446-5771, [S.l.], v. 3, n. 4, p. 67-89, dez. 2019. ISSN 2446-5771. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/revistaadministracao/article/view/1594>. Acesso em: 04 ago. 2020.