O SURGIMENTO DA TERAPIA FAMILIAR

  • Felipe Pereira de ASSIS CESUCA
  • Fernanda Vaz HARTMANN CESUCA

Resumo

As relações familiares são consideradas como um fator determinante para a saúde mental. Desta forma parece importante a compreensão de uma abordagem que surgiu em meados dos anos 50 tendo como foco de análise as interações familiares. Pretende-se, neste artigo, apresentar o surgimento desta corrente teórica a fim de compreender a sua relevância e aplicação na psicologia a partir da exposição de sua história no mundo e no Brasil. Através de uma pequena revisão da literatura, buscamos as principais informações históricas sobre a Terapia Familiar, desde seu surgimento até os dias atuais. Por fim, constata-se a importância de dar continuidade aos estudos nesta área, a fim de acompanhar as mudanças familiares, bem como as demandas que surgem delas.
Publicado
2013-11-10
Como Citar
ASSIS, Felipe Pereira de; HARTMANN, Fernanda Vaz. O SURGIMENTO DA TERAPIA FAMILIAR. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - 2317-5915, [S.l.], n. 7, nov. 2013. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/480>. Acesso em: 27 jun. 2017.

Palavras-chave

Terapia familiar; história; abordagem sistêmica