Oficinas terapêuticas na prática de enfermagem em saúde mental

um relato de experiência

  • Lidiane Costa FRANCISCO Centro Universitário Cesuca
  • Lisa Marie da Silva Tomazini ROSA Centro Universitário Cesuca
  • Priscila da Silva Cardoso CONSUL Centro Universitário Cesuca
  • Silviane Prates DUARTE Centro Universitário Cesuca
  • Márcia Dornelles Machado MARIOT Centro Universitário Cesuca
  • Dayane de Aguiar CICOLELLA Centro Universitário Cesuca

Resumo

Os estágios práticos em saúde mental proporcionam ao estudante de enfermagem o aprendizado significativo, através das experiências vividas, colocando em ação as aprendizagens teóricas. As práticas em campo auxiliam no exercício do acolhimento, a empatia e a escuta ativa, características primordiais e necessárias aos profissionais enfermeiros que atuam na área da saúde mental. Objetivo: Relatar as experiências vivenciadas durante as práticas de enfermagem em saúde mental. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência referente ao estágio prático de enfermagem em saúde mental realizado por quatro acadêmicas de enfermagem do Centro Universitário Cesuca, no período de março a junho de 2020, em um serviço especializado localizado na região metropolitana de Porto Alegre/RS. Resultados: A proposta do estágio previa conhecer e vivenciar as atribuições do profissional enfermeiro no contexto da internação em saúde mental. Durante as práticas em campo foi possível acompanhar a rotina diária de pessoas portadoras de sofrimento psíquico e dependência química, em ambos os gêneros. Para construção de vínculos e afetos foram executadas oficinas de arteterapia, rodas de conversas e também, escuta individual. As ações desenvolvidas permitiram o exercício da escuta e acolhimento, respeito às subjetividades e individualidades e, principalmente, valorização da história de cada um. Todas essas ações tiveram como objetivo a interação entre o indivíduo e acadêmicos, além de proporcionar o estímulo da autonomia, criatividade, desenvolvimento da atividade motora fina e melhora da autoestima através das artes. Considerações Finais: Conclui-se que as atividades desenvolvidas pelo grupo contribuíram de forma significativa e de maneira positiva devido à valorização dos indivíduos internados. A experiência em campo foi positiva, permitindo aos estudantes o (re)pensar sobre as práticas desenvolvidas nos serviços de internação em saúde mental.

Publicado
2021-01-12
Como Citar
FRANCISCO, Lidiane Costa et al. Oficinas terapêuticas na prática de enfermagem em saúde mental. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 14, p. 198-199, jan. 2021. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1862>. Acesso em: 05 mar. 2021.