O atendimento ao neonato na unidade do método canguru

um relato de experiência

  • Lidiane Costa FRANCISCO Centro Universitário Cesuca
  • Priscila da Silva Cardoso CONSUL Centro Universitário Cesuca
  • Débora Feijó da SILVA Centro Universitário Cesuca
  • Márcia Dornelles Machado MARIOT Centro Universitário Cesuca

Resumo

A implementação da atividade canguru iniciou em 1999 como uma das boas práticas nas politicas públicas em saúde como fator de humanização com as crianças de baixo peso, fazendo com que o contato familiar seja fator complementar no desenvolvimento infantil. A técnica foi sendo desenvolvida e aprimorada de acordos com estudos, sendo assim tornando o método reconhecido internacionalmente há 21 anos. A técnica vem sendo utilizada seja pelos familiares ou profissionais de saúde, garantindo o desenvolvimento do neonato. Objetivou-se relatar as experiências vivenciadas por acadêmicas de enfermagem durante o atendimento ao neonato internado na unidade de cuidados do Método Canguru de um hospital da região metropolitana de Porto Alegre. Esse estudo trata-se de um relato de experiência do atendimento realizado por acadêmicas de enfermagem ao neonato internado na unidade do Método Canguru durante a Prática de estágio da disciplina de Saúde da Criança e do Adolescente. Durante as práticas unidade de Pediatria também tivemos a oportunidade de acompanhar bebês que estavam internados na Unidade do Método Canguru. No momento da avaliação acompanhamos gemelares que estavam internados na unidade em com diferentes estágios do método uma vez que o gemelar I estava mamando direto do peito e o gemelar II recebendo o leite materno ordenhado com a ajuda de copinho. A relação materna para com os gemelares era de dedicação e afetividade, demonstrando haver um bom estabelecimento de vínculo. A mãe demonstrou conhecer a importância do método canguru, assim como, seus benefícios para o desenvolvimento e ganho de peso dos bebês bem como essa prática contribuiu para a construção do vínculo e afeto entre eles. O método canguru promove o vínculo afetivo entre a mãe e o recém-nascido, melhora na prática da amamentação, aporte de calor, redução da morbidade e mortalidade infantil, fortalece o sistema imune, diminui as chances de internações futuras, benefícios neurossensoriais a criança, sentimento de proteção e segurança. Cabendo ressaltar, também, que a enfermagem possui um papel de extrema importância no que se refere ao cuidado e a implementação das etapas do método canguru. Esta experiência demostrou as acadêmicas o importante papel desempenhado pela equipe de enfermagem durante a prática do método canguru. Ressalta-se também a importância, para nós acadêmicos, da vivência prática da humanização no cuidado ao bebê prematuro promovida pelo método canguru.

Publicado
2021-01-12
Como Citar
FRANCISCO, Lidiane Costa et al. O atendimento ao neonato na unidade do método canguru. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 14, p. 196-197, jan. 2021. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1861>. Acesso em: 24 sep. 2021.