A monarquia do petróleo

um panorama da balança deficitária brasileira, até quando sofreremos com esta ‘maldição dos recursos naturais’?

  • Bruna Seron da SILVA Centro Universitário Cesuca
  • Deisi Luana Diel WEBER Centro Universitário Cesuca

Resumo

A importância do petróleo na economia brasileira é notória, eis então que surgiu o intuito de criar uma problemática que incitasse socialmente um olhar crítico para gerar mudanças na forma como temos utilizado nosso recurso não renovável. Fazendo uso de metáforas e comparações este trabalho visa elencar por meio da ‘maldição dos recursos naturais’ que também é conhecida como ‘paradoxo da abundância’ qual o poder do petróleo na política brasileira desfrutadora do hidrocarboneto em questão, de modo a equiparar a commodity à uma monarquia. A averiguação da Balança Comercial, entre os anos de 2010 à 2018, é a ligação chave para o estudo da relação do petróleo com a dependência política. O etanol foi escolhido para ser equiparado como uma solução substituta para o consumo de petróleo, sendo possível o ver como uma alternativa rentável e promissora diante do concorrente. Visando fomentar e embasar o valor acadêmico e crítico-social, foram utilizadas as visões de um economista por meio de uma entrevista sobre qual o poder do petróleo em nossa sociedade brasileira atual.   

Publicado
2021-01-12
Como Citar
SILVA, Bruna Seron da; WEBER, Deisi Luana Diel. A monarquia do petróleo. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 14, p. 395-405, jan. 2021. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1822>. Acesso em: 03 mar. 2021.