Etnomatemática

confecção de tarrafas

  • Adriano Barcellos EUZÉBIO Cesuca- Faculdade Inedi
  • Suzana Aleixo FERREIRA Cesuca- Faculdade Inedi
  • Daiane Renata MACHADO Cesuca- Faculdade Inedi

Resumo

O presente artigo foi desenvolvido após a proposta inicial da disciplina de Prática de Ensino IV, do curso de Matemática, Licenciatura, que teve como intuito explorar a etnomatemática em um grupo específico social ou/e cultural. Optou-se por investigar a pesca artesanal de um grupo de pescadores. O problema de pesquisa elaborado foi: Qual é a matemática formal implícita utilizada por pescadores nas confecções de tarrafas artesanais? Para responder tal questão foram traçados alguns objetivos, como: investigar como são feitas as tarrafas, quais os conteúdos matemáticos implícitos nessa confecção, bem como, analisar o que define uma tarrafa. A pesquisa tem caráter qualitativo e os dados foram coletados por meio das observações e entrevistas realizadas no ambiente natural onde ocorre o fenômeno da pesca artesanal profissional. Os participantes da pesquisa foram os pescadores da cidade de Tramandaí, Rio Grande do Sul-RS e a análise dos dados foi realizada por meio de análise crítica descritiva, que teve como intuito descrever a prática da confecção das tarrafas relacionando aos conteúdos previstos no currículo de matemática. No processo de investigação foram reconhecidos o conhecimento de metrologia, pois foram demonstrados pelos participantes da pesquisa amplo conhecimento das unidades de medidas, como centímetro, braça, polegada, metros, quilograma, bem como as quatro operações básicas de matemática: adição, subtração, multiplicação, divisão, que são conteúdos curriculares de matemática abordados no Ensino Fundamental. Além disso, a regra de três também é muito utilizada pelos pescadores. Também foram constatadas, conhecimentos sobre figuras geométricas que são exploradas desde o Ensino Fundamental e aprofundadas no Ensino Médio. 

Publicado
2019-12-30
Como Citar
EUZÉBIO, Adriano Barcellos; FERREIRA, Suzana Aleixo; MACHADO, Daiane Renata. Etnomatemática. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 13, p. 348-357, dez. 2019. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1761>. Acesso em: 10 ago. 2020.