O acolhimento como ferramenta terapêutica

um relato de experiência com a abordagem humanista

  • Gracieli Mühl ZAPELLO Cesuca- Faculdade Inedi
  • Aline da Silva PIASON Cesuca- Faculdade Inedi

Resumo

O presente artigo objetiva apresentar o relato de experiência profissional de estágio supervisionado realizado em um Serviço-Escola de Psicologia de uma Instituição de Ensino Superior da Região Metropolitana de Porto Alegre. A experiência foi realizada no Núcleo de Acolhimento e Grupos, que é o responsável por realizar o cadastro e a escuta inicial das pessoas que buscam atendimento. O trabalho no acolhimento foi realizado a partir da Abordagem Centrada na Pessoa proposta por Carl Rogers, e a clientela atendida foi de adultos. Durante a experiência no acolhimento foi possível identificar demandas existenciais comuns aos clientes como desemprego, luto, separação conjugal, que foram relatadas como desencadeadoras de sofrimento psíquico. Também foi possível observar aspectos de melhora dos sintomas dos clientes num curto espaço de tempo. Pode-se compreender, através de uma leitura humanista, que a oportunidade de estar em um ambiente facilitador da mudança terapêutica promoveu a expressão da força intrínseca de crescimento dos seres vivos, postulada por Carl Rogers como tendência atualizante.  

Publicado
2020-01-02
Como Citar
ZAPELLO, Gracieli Mühl; PIASON, Aline da Silva. O acolhimento como ferramenta terapêutica. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 13, p. 605-612, jan. 2020. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1750>. Acesso em: 28 out. 2020.