Consulta de saúde da mulher na terceira idade

um relato de experiência

  • Lídia da Silva KNEVITZ Cesuca- Faculdade Inedi
  • Márcia Dornelles MARIOT Cesuca- Faculdade Inedi

Resumo

Introdução: O trabalho no campo de prática deixa o acadêmico mais próximo da linha de frete no cuidado com os pacientes podendo aplicar seu conhecimento teórico adquirido ao longo graduação fazendo com que o acadêmico tenha análise crítica em seus atendimentos.1 Objetivo: Relatar as experiências vivenciadas no planejamento e na implementação no atendimento em atenção primária na saúde da mulher voltado à terceira idade. Metodologia: Estudo descritivo do tipo relato de experiência de um projeto de extensão realizado pela disciplina de saúde da mulher no Centro de Saúde do Idoso do município de Cachoeirinha. O projeto ocorreu no período de quatro semanas em outubro de 2018 e contou com a participação de quatro alunas e um monitor e a professora da disciplina. O Centro do idoso foi inaugurado em 2017, onde oferece um serviço para a população acima de 60 anos por livre demanda, os atendimentos são realizados por equipes de multiprofissionais com o objetivo na promoção e prevenção da saúde dos idosos na atenção primária. Resultados e discussão: O projeto de extensão buscava aprimorar os conhecimentos e a habilidade da consulta de enfermagem dos acadêmicos em relação à prática na saúde da mulher com ênfase na coleta do citopatológico e exame das mamas. As acadêmicas que participaram do projeto eram responsáveis, conjuntamente com a professora por uma agenda voltada ao atendimento à saúde da mulher que, semanalmente, é atendida pela enfermeira do Centro de Saúde. Suas atividades envolviam o planejamento da consulta que seria realizada, preparo do material e documentação necessários à realização da coleta do preventivo e exame das mamas, bem como, para realização de testes rápidos para sífilis, HIV, hepatite. A seguir realizavam a consulta de enfermagem, após o acolhimento realizado pelo professor. Durante a consulta de enfermagem era realizado um acolhimento direcionado para orientações e esclarecimento de dúvidas, exame físico ginecológico, coleta de citopatológico e identificadas a ocorrência de patologias.  Dentre as principais orientações era explicado para as idosas a importância da prevenção contra as infecções sexualmente transmissíveis através do uso de preservativo e demais cuidados com a sua saúde. Após a realização da consulta os procedimentos eram registrados no prontuário e, em caso de necessidade de encaminhamento urgente, a enfermeira era comunicada para que pudesse realizar inter consulta com os médicos e/ou encaminhar a paciente. Nesse contexto, cabe ressaltar, que a realização da consulta de enfermagem deve buscar alcançar uma qualidade nas inter-relações, assim como, ações educativas para evitar que o atendimento envolva apenas o levantamento de informações e a construção de diagnósticos. Para alcance do referido, é de suma importância o conhecimento da situação afetivo-cultural das pessoas a exemplo de seus valores, anseios e desejos² Considerações finais: A experiência relatada permitiu o alcance de uma conexão entre o conhecimento teórico aprendido em sala de aula e a prática assistencial, mediante o aprimoramento da destreza na realização de procedimentos e aplicabilidade do processo de enfermagem. A vivência extracurricular permitiu a acadêmica à compreensão da importância da temática da sexualidade na saúde do idoso. 

Publicado
2020-01-02
Como Citar
KNEVITZ, Lídia da Silva; MARIOT, Márcia Dornelles. Consulta de saúde da mulher na terceira idade. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 13, p. 254-255, jan. 2020. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1696>. Acesso em: 31 out. 2020.