Casa cor 2019 – arquitetura de interiores

uma análise sob o ponto de vista de futuros arquitetos

  • Gracia Moreira BIAGIO Cesuca- Faculdade Inedi
  • Ygor NOGUEIRA Cesuca- Faculdade Inedi
  • Schauani OTTONI Cesuca- Faculdade Inedi
  • Joice Giuliani Krás BORGES Cesuca- Faculdade Inedi

Resumo

A Casacor- RS em 2019 chegou à sua 28º edição, sendo uma das maiores amostra de designer de interiores, este ano ocorreudos dias 23 de Julho a 08 de Setembro no antigo Hospital da Criança Santo Antônio localizado na Av. Ceará número1549, no bairro São João na cidade de Porto Alegre. A amostra contou com 49 ambientes projetados por diversos arquitetos que estão distribuídos em dois andares do prédio, onde foi possível conhecer espaços uni familiares, como Lofts e espaços comerciais como escritórios. As propostas apresentadas pelos profissionais  apresentaram este ano projetos mais modernos e alguns “sustentáveis” trazendo as ultimas tendências de cores e texturas do mercado. Baseado na percepção do grupo após a visitação, o projeto destaque da amostra foi a Oliva Gourmet DECA da Lineastudio Arquietura. Este espaço evidencia as cores quentes e vibrantes com a presença de um tapete posicionado ao centro do ambiente que nos remete a um rápido estado de agitação. Por outro lado o trabalho que os Arquitetos desenvolveram com a iluminação em Led, simulando a luz natural e direcionada á uma Oliveira nos traz uma sensação de paz, tranquilidade e bem estar trazendo ainda mais destaque à este ambiente. Além disso, esta solução arquitetônicabusca atender a inspiração dos profissionais, sendo este um dos pontos que se destaca por possuir um “significado espiritual” muito forte e interessante, pois remete a uma árvore bíblica. Os pés de Oliva têm até hoje uma presença especial e simbólica, pois foi onde  Jesus com seus apóstolos se reuniram para orar . Se reunir a uma mesa remete a uma tradição familiar, que ainda se mantém nos dias de hoje, esta possivelmente foi à inspiração dos arquitetos para este projeto e pode ser aplicada em nossos futuros projetos. Por outro lado,  um ambiente contrário em nossa opinião foi o Espaço Casa Gaia do arquiteto Luis Sentinger, onde o profissional trabalhou um Hall de entrada com uma iluminação agressiva em relação ao ambiente como um todo. Desta forma pode-se concluir que a iluminação de um ambiente, quando não trabalhada cuidadosamente pode desvalorizar todo o projeto arquitetônico. Já um ambiente com iluminação bem planejada pode valorizar ainda mais o projeto evidenciando suas características e detalhes.

Publicado
2019-12-30
Como Citar
BIAGIO, Gracia Moreira et al. Casa cor 2019 – arquitetura de interiores. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 13, p. 5-6, dez. 2019. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1675>. Acesso em: 27 maio 2020.