Casa Cor 2019- arquitetura de interiores

uma análise sob o ponto de vista de futuros arquitetos

  • Fernanda Bizotto SOSTER Cesuca- Faculdade Inedi
  • Milena Duarte KILA Cesuca- Faculdade Inedi
  • Joice Giuliani Krás BORGES Cesuca- Faculdade Inedi

Resumo

A Casa Cor trata-se de um evento renomado para os Arquitetos e Urbanistas, este ano aconteceu nos dias 23 de julho a 8 de setembro no antigo Hospital da Criança Santo Antônio, localizado na Av. Ceará, 1549 - São João, Porto Alegre. Esta construção tombada pelo Patrimônio Histórico Cultural, possui uma área de 9.950m² desta, apenas 4.100m² foram utilizados para o evento, sendo expostos 49 ambientes de arquitetura de interiores. Neste evento, podemos encontrar várias tendências, de cores, desde cores neutras, como as cores ¨Cru¨ e “Aveia¨ que foram eleitas como tons base, até as mais vibrantes, atuando juntas lado a lado em um mesmo ambiente de uma forma bem harmônica e divertida. Além disso, foram lançados vários novos conceitos, como por exemplo, tecido de Veludo Sintético, que estamos habituados a ver nos estofados e lá foram encontrados nas paredes substituindo a tinta ou papel de parede usualmente mais utilizados para este fim. Pode-se ressaltar ainda o uso de algum objeto chave, por exemplo, os livros, que não foram somente colocados em estantes, mas também para decorar, além de diferentes tipos de luminárias, utilizadas para compor os ambientes. Como futuras arquitetas, ter visitado esta amostra da Casa Cor 2019, despertou um grande desejo de voltar nas próximas edições e uma motivação de expor lá algum dia e fazer parte desta história que em 2019 chegou a sua 28ª edição. Um dos ambientes que mais se destacou na nossa opinião foi o “Lavabo Tri Suave 21”, da arquiteta Marilia Zimmermann, que usou e abusou das cores, propondo um ambiente colorido, divertido, ao mesmo tempo muito harmônico. Entre todos esses ambientes, o que mais deixou a desejar foi a Sala Íntima da Arquiteta Vanessa Luft, pela falta de cores, faltando trazer “algo para complementar” o projeto e assim dar mais sentido ao ambiente. Pode-se dizer que de um modo geral os ambientes demostraram equilíbrio. Pode-se concluir que a amostra Casa Cor 2019, além de trazer uma grande experiência, foi um evento enriquecedor para nós futuros Arquitetos, pois podemos conhecer novas tendências, aprender técnicas, entender como funciona uma amostra de arquitetura, trazendo assim de uma forma mais prática aquilo que aprendemos nas aulas.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

51999785923

Publicado
2019-12-30
Como Citar
SOSTER, Fernanda Bizotto; KILA, Milena Duarte; BORGES, Joice Giuliani Krás. Casa Cor 2019- arquitetura de interiores. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 13, p. 7, dez. 2019. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1643>. Acesso em: 28 maio 2020.