Metodologias como ferramentas de aprendizado de anatomia humana

um relato de experiência

  • Flabiana de Oliveira VIEIRA Acadêmica de Enfermagem - CESUCA
  • Pierre Pereira DIAS Acadêmico de Biomedicina - CESUCA
  • Ana Helena Oliveira CANNES Acadêmica de Enfermagem - CESUCA
  • Jerri Estevan VACARO CESUCA

Resumo

Introdução: As metodologias ativas têm como finalidade oportunizar ao aluno diversas formas de aprender. Parte-se do entendimento de que métodos de ensino envolvem a correlação entre cultura, pedagogia, estado, sociedade e universidade, aprimorando o desenvolvimento com a evolução de metodologias ativas.  Portanto, as pesquisas realizadas mostram que novos métodos de ensino promovem um melhor aprendizado, mesmo quando não se dispõem de cadáveres humanos para estudos e práticas nas aulas de Anatomia Humana.  Objetivo: Mostrar as metodologias ativas desenvolvidas na disciplina de Anatomia Humana junto aos cursos de Enfermagem, Biomedicina, Nutrição e Fisioterapia na CESUCA Faculdade INEDI no primeiro semestre de 2018.  Também mostrar dados de assiduidade e aproveitamento ao longo do semestre. Metodologia. Esse trabalho é um relato de experiência da disciplina de Anatomia Humana que se preocupou em registrar as atividades abordadas durante o primeiro semestre letivo de 2018. Resultados: Em todas as aulas da disciplina de Anatomia Humana foi dada a possibilidade de o aluno construir o seu conhecimento e dessa forma contribuir para o aprendizado de todos os participantes. O número de alunos com presença em todas as aulas foi muito expressivo. O pequeno absenteísmo foi considerado abaixo da média e o aproveitamento foi o melhor possível onde menos de 10% da turma necessitou uma nova avaliação para ser aprovado. No final do semestre todos foram aprovados. Considerações finais:  Dados obtidos revelam que a presença do professor em sala de aula interfere diretamente no desempenho dos alunos com a troca de experiência entre aluno e professor. Possibilita o desenvolvimento de novos métodos e conceitos de anatomia humana, aumentando a capacidade de equipe, uma vez que, essas habilidades foram incentivadas em grupos na sala de aula e no laboratório. Entendemos que dessa forma são formados profissionais capacitados não apenas cientificamente, mas estimulando o raciocínio rápido (ação-reflexão-ação) na tomada de decisões como seres humanos capazes de lidar em diversas situações difíceis no cotidiano da área da saúde com ética, responsabilidade, humanismo e coleguismo.


Introdução: As metodologias ativas têm como finalidade oportunizar ao aluno diversas formas de aprender. Parte-se do entendimento de que métodos de ensino envolvem a correlação entre cultura, pedagogia, estado, sociedade e universidade, aprimorando o desenvolvimento com a evolução de metodologias ativas.  Portanto, as pesquisas realizadas mostram que novos métodos de ensino promovem um melhor aprendizado, mesmo quando não se dispõem de cadáveres humanos para estudos e práticas nas aulas de Anatomia Humana.  Objetivo: Mostrar as metodologias ativas desenvolvidas na disciplina de Anatomia Humana junto aos cursos de Enfermagem, Biomedicina, Nutrição e Fisioterapia na CESUCA Faculdade INEDI no primeiro semestre de 2018.  Também mostrar dados de assiduidade e aproveitamento ao longo do semestre. Metodologia. Esse trabalho é um relato de experiência da disciplina de Anatomia Humana que se preocupou em registrar as atividades abordadas durante o primeiro semestre letivo de 2018. Resultados: Em todas as aulas da disciplina de Anatomia Humana foi dada a possibilidade de o aluno construir o seu conhecimento e dessa forma contribuir para o aprendizado de todos os participantes. O número de alunos com presença em todas as aulas foi muito expressivo. O pequeno absenteísmo foi considerado abaixo da média e o aproveitamento foi o melhor possível onde menos de 10% da turma necessitou uma nova avaliação para ser aprovado. No final do semestre todos foram aprovados. Considerações finais:  Dados obtidos revelam que a presença do professor em sala de aula interfere diretamente no desempenho dos alunos com a troca de experiência entre aluno e professor. Possibilita o desenvolvimento de novos métodos e conceitos de anatomia humana, aumentando a capacidade de equipe, uma vez que, essas habilidades foram incentivadas em grupos na sala de aula e no laboratório. Entendemos que dessa forma são formados profissionais capacitados não apenas cientificamente, mas estimulando o raciocínio rápido (ação-reflexão-ação) na tomada de decisões como seres humanos capazes de lidar em diversas situações difíceis no cotidiano da área da saúde com ética, responsabilidade, humanismo e coleguismo.

Publicado
2018-12-17
Como Citar
VIEIRA, Flabiana de Oliveira et al. Metodologias como ferramentas de aprendizado de anatomia humana. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 12, p. 124-131, dez. 2018. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1451>. Acesso em: 23 maio 2019.