Jogos cooperativos na educação infantil

  • Jaíne Letícia NEGRI
  • Gabriela de Borba CAPAVERDE
  • Gabriele Bonotto SILVA Cesuca- Faculdade Inedi

Resumo

A educação infantil é de extrema importância para o desenvolvimento da criança. É nesta etapa que a criança desenvolve sua autonomia, habilidades, a ético, a cidadania e laços afetivos através do lúdico. Além de aprender a conviver com outras pessoas e com as diferenças. Tendo conhecimento de toda essa grandeza, os jogos cooperativos auxiliam para consolidar esses aspectos. Esses jogos estimulam o crescimento e aprendizagem, e eventualmente incluem competições.  Diferente dos brinquedos, os jogos propõem aos alunos metas e regras a serem seguidas; estimulam desde cedo o trabalho em equipe e a competição saudável. Muito mais que ser objeto de diversão, o jogo traz consigo uma grande bagagem de ensinamento, podendo esse, ser indireto. É essencial as reflexões do professor sobre as regras e aos ensinamentos que aquele jogo traz. Jogos ajudam a construir novas descobertas, e extraímos dos jogos preciosidades para nossa vida. Segundo Rosamilha (1979) quando um jogo ou um brinquedo é bem aproveitado, é umas das mais úteis e construtivas experiências, que a civilização hoje está acabando.   Sendo assim, a escola precisa pensar com ludicidade, este, inclusive, deve ser um dos principais norteadores do processo ensino-aprendizagem, motiva a criança a buscar e aprender mais, além de estar em quase tudo no cotidiano. A criança aprende brincando, é o exercício que faz desenvolver sus potencialidades.  A brincadeira e os jogos favorecem uma melhoria na autoestima e no convívio social. Enfim, pode-se concluir que o jogar é algo muito sério e fundamental, e contribui para os aspectos físicos, afetivos e intelectuais.   

Publicado
2018-12-17
Como Citar
NEGRI, Jaíne Letícia; CAPAVERDE, Gabriela de Borba; SILVA, Gabriele Bonotto. Jogos cooperativos na educação infantil. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 12, p. 232, dez. 2018. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1439>. Acesso em: 24 mar. 2019.