Promoção da equidade LGBT

avaliando acesso aos serviços de saúde

  • Gisele Cristina TERTULIANO Faculdade Inedi
  • Fátima Helena CECCHETTO Cesuca
  • Manoela Coimbra de MEDEIROS

Resumo

A Agenda para Zero Discriminação em Serviços de Saúde é um dispositivo para promover a discussão e as mudanças no processo de trabalho dos trabalhadores e profissionais de saúde, visando aumentar o compromisso, a colaboração e a responsabilidade entre os entes federativos para iniciar um trabalho de sensibilização para a remoção de barreiras e atitudes menos cordiais que fortalecem atitudes que afastam os usuários dos serviços de saúde devido a sua orientação sexual. (UNAIDS, 2017). O objetivo dessa agenda também é promover espaços de discussão e fortalecimento do controle social, empoderando seus pares para a exigência de ambientes livres de processos discriminatórios. Assim, políticas públicas devem inovar sua práxis, através das ações solidárias geradas horizontalmente entre indivíduos e grupos sociais no interior da sociedade civil, nas instâncias de poder dos governos, contribuindo para a compreensão do determinismo social na saúde desse indivíduo.O projeto objetiva analisar o  acesso aos serviços e a qualidade da atenção integral à saúde da população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Travestis no Sistema Único de Saúde no município de Cachoeirinha/RS.Para tanto, faz-se necessário o mapeamento das dimensões do acesso da população  através do perfil sociodemográfico e  hábitos de vida na perspectiva dos usuários. É uma pesquisa de natureza quantitativa, transversal com base em dados obtidos de forma primária através de entrevistas estruturadas, individuais com a população LGBT inserida nos espaços sociais e nas redes sociais através da metodologia Bola de Neve com amostra lineal com a utilização de questionário físico e eletrônico. Até o presente momento, foram respondidos 48 questionários eletrônicos e 05questionários físicos. A análise dos dados permitirá a obtenção de uma estatística descritiva para a obtenção de prevalências, estimativas de parâmetros como médias, proporções e dispersões das diversas variáveis que serão demonstradas através da criação de gráficos e tabelas. A pesquisa será realizada após aceitação e assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido dos sujeitos e o projeto foi apreciado pela Comissão de Ética em Pesquisa da Faculdade Cesuca e cadastrado na Plataforma Brasil sob o CAAE: 79284117.5.0000.5665. 

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Enfermeira, Cientista Social. Docente do Curso de Enfermagem Cesuca

.

Publicado
2018-12-17
Como Citar
TERTULIANO, Gisele Cristina; CECCHETTO, Fátima Helena; MEDEIROS, Manoela Coimbra de. Promoção da equidade LGBT. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 12, p. 151, dez. 2018. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1435>. Acesso em: 19 jan. 2019.