Atuação do acadêmico de enfermagem em uma ação de saúde durante o Outubro Rosa

um relato de experiência

  • Mara Deonice Pinto de LIMA
  • Marcia Dornelles MARIOT

Resumo

Introdução: A unidade Básica de Saúde é um dos principais meios de acesso da comunidade a promoção da saúde. Os enfermeiros das UBS, que frequentemente estabelecem ações em saúde, visam à prevenção e promoção da saúde. O Outubro Rosa é um dos exemplos de atividades realizadas pelos enfermeiros da atenção básica com o objetivo de promover a saúde, nesse caso, das mulheres Objetivo: Relatar as experiências vividas como graduanda de enfermagem no outubro Rosa, direcionado a saúde das mulheres, em especial, para a prevenção de câncer de mama. Metodologia: Trata-se de um relato das experiências vivenciadas pela acadêmica de enfermagem, durante seu estagio curricular I em uma UBS localizada na região metropolitana de Porto Alegre, sobre uma ação em saúde da mulher denominada Outubro Rosa que ocorreu os dias dois a cinco de outubro de 2017. O projeto foi elaborado e realizado pela enfermeira coordenadora da UBS conjuntamente com as demais enfermeiras da UBS e com a acadêmica de enfermagem autora deste relato. Resultados: As principais atividades previstas no projeto foram à ornamentação da unidade, convite a uma palestrante, atividades de contato direto com as usuárias, elaboração de convites para o evento, distribuição de folders. As atividades foram programadas mediante elaboração de uma escala semanal de atividades para atender a demanda de usuários. Após o inicio das atividades, primeiramente, a unidade foi decorada pela equipe com cartazes explicativos, balões e laços rosa, que são o símbolo do combate ao câncer de mama. Os corredores da unidade também foram decorados com uma linda exposição de artes em telas da artista Vera Jacques. Foi ofertando as usuárias, durante a semana de realização do projeto, acesso a exames como: Testes rápidos; HIV, Hepatite B, C, Sífilis. Agendamento de mamografias, coletas de Papa Nicolou e consultas de Saúde da Mulher sem agendamento prévio. Também foram disponibilizados preservativos femininos e masculinos, folders explicativos sobre: coletas de cp, higiene intima, quebra de tabus sobre o Diu e vasectomia, como realizar o autoexame da mama- desenvolvidos pelos alunos da disciplina de Saúde da Mulher da Faculdade CESUCA. O estimulo ao autocuidado se deu através de uma palestra, com professora convidada, sobre Câncer de Mama. Médicos e enfermeiros e acadêmica acolheram as usuárias e a atenderam suas demandas, fato este, que além de promover a educação continuada da equipe, agradou muito a comunidade. Considerações finais: O projeto Outubro Rosa, proporcionou-me aprimorar meus conhecimentos relativos a implementação do processo de enfermagem. Esta oportunidade de participar desta ação instigou-me a uma reflexão, um novo olhar, a partir do qual o enfermeiro pode s, ver o contexto, e assim criar ações que efetivamente promovam mudanças na história de vida dos usuários. Por fim, diversas solicitações de ampliação do projeto Outubro Rosa foram recebidas, por isso, ao avaliarmos a ação é notória a sua efetividade.

Publicado
2018-02-20
Como Citar
LIMA, Mara Deonice Pinto de; MARIOT, Marcia Dornelles. Atuação do acadêmico de enfermagem em uma ação de saúde durante o Outubro Rosa. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 11, p. 443, fev. 2018. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1395>. Acesso em: 24 set. 2018.