“Que Figura Eu Sou?”

uma proposta de jogo didático como instrumento avaliativo no ensino de matemática

  • Thomas Bersagui MILANO Faculdade Cesuca
  • Fernanda Chites AZEVEDO
  • Mirian Linhares SIQUEIRA
  • Lucas Nunes OGLIARI

Resumo

O presente artigo foi desenvolvido na disciplina de Prática de Ensino V, do curso de Matemática, Licenciatura, da Faculdade Cesuca (Complexo de Ensino Superior de Cachoeirinha). Avaliar os alunos somente com provas e trabalhos realizados em momentos pré-estabelecidos já não satisfaz mais as necessidades apresentadas pela sociedade, portanto, faz-se necessário a utilização de diversos recursos avaliativos que devem ser desenvolvidos em momentos distintos, para obter um retrato mais fiel dos aspectos sobre a aprendizagem dos alunos. De tal modo, o objetivo da pesquisa foi realizar a adaptação de um jogo didático que possa ser utilizado na disciplina de Matemática, com a finalidade construir conhecimento, fixar saberes e que possa ser utilizado como instrumento avaliativo. Com o intuito de responder a pergunta problematizadora “O que é possível desenvolver e avaliar na matemática através de um jogo didático?”, realizamos a adaptação de um jogo que foi intitulado de “Que Figura Eu Sou?”, envolvendo o conteúdo de geometria sobre as características das figuras planas e espaciais. A metodologia utilizada contempla pesquisas em materiais bibliográficos que aludem o tema em questão, a fim de fundamentar e embasar o artigo. Através da pesquisa foi possível concluir que os jogos didáticos podem ser utilizados para contribuir com o desenvolvimento cognitivo e o raciocínio lógico, estimular a socialização e a capacidade de trabalhar em equipe e dar significação aos conhecimentos matemáticos; ademais, quando utilizado como recurso avaliativo ele pode contribuir para avaliar as habilidades em resolver as atividades propostas, o desempenho dos alunos em determinadas situações, o conhecimento acerca de conceitos específicos, as facilidades e dificuldades que apresentam, a postura em relação à atividade proposta e aos demais colegas, a performance em trabalho em equipe e também, o interesse e a participação.
Publicado
2018-02-06
Como Citar
MILANO, Thomas Bersagui et al. “Que Figura Eu Sou?”. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 11, p. 475-485, fev. 2018. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1386>. Acesso em: 22 abr. 2018.