A formulação dinâmica em um estudo de caso de uma paciente com transtorno bipolar em situação de adoção

  • Katia Adriana Padilha PÊSSOA Cesuca- Faculdade Inedi
  • Bruna SEIBEL
  • Carmen Lúcia Costa SILVA

Resumo

O presente artigo traz um estudo de caso único de uma paciente com transtorno bipolar – tipo II, em situação de adoção. A mesma é atendida em uma unidade de saúde mental adulto de um município da região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Durante a organização do relato foi construída a formulação dinâmica da paciente buscando responder a questões que se somam em seu diagnóstico psicodinâmico, como: especificação das queixas e dos sintomas iniciais de funcionamento anormal; a relação entre as experiências atuais do paciente e o mundo em que vive; as compensações que obtém da manutenção de sua conduta desajustada; o funcionamento dos mecanismos de defesa; as características da personalidade de figuras importantes na vida do paciente, assim como sua relação com estas pessoas e os procedimentos de avaliação para ingresso na psicoterapia. Tais aspectos contribuíram para a formulação dinâmica da paciente e o entendimento de seus sintomas.

Publicado
2017-12-11
Como Citar
PÊSSOA, Katia Adriana Padilha; SEIBEL, Bruna; SILVA, Carmen Lúcia Costa. A formulação dinâmica em um estudo de caso de uma paciente com transtorno bipolar em situação de adoção. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 11, p. 151-164, dez. 2017. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1338>. Acesso em: 12 dez. 2018.