GRUPO OPERATIVO COM IDOSAS: UM PROJETO DE PROMOÇÃO DE SAÚDE MENTAL

  • Amanda Heinrichs da SILVEIRA Cesuca- Faculdade Inedi
  • Fernanda Vaz HARTMANN

Resumo

O envelhecimento da população brasileira tem sido foco de estudos e de políticas públicas, pois hoje pessoas idosas já representam 8,6 por cento da população e a estimativa é que este número cresça cada vez mais (IBGE, 2002). Diante desta realidade, este estudo tem por objetivo investigar como os processos emocionais relativos ao envelhecimento vem ocorrendo em um grupo de idosas do município de Cachoeirinha. Trata-se de um projeto de pesquisa-ação, que ocorre por um período de seis meses, com encontros semanais de 1 hora e meia, na modalidade de grupo-terapia, formado por seis senhoras com idade superior a 60 anos, em que foi utilizado a proposta de grupo operativo de Pichon Riviere. Observou-se em quatro encontros realizados, que as participantes referem dificuldades de lidar com as restrições físicas, evidenciado pelo mecanismo de negação da realidade e pela manutenção do papel de cuidadoras da família, também foi observado sentimento de culpa em relação às situações não vividas, e que entendem não haver mais tempo para vivenciá-las e, finalmente, revelou-se um sentimento de desesperança em obter na fase atual (velhice) qualquer satisfação e realização. Estes resultados indicam a necessidade de manter a intervenção psicológica a fim de que as participantes desenvolvam recursos mais saudáveis para lidar com o envelhecimento e consigam viver os conflitos pertinentes a esta fase de forma saudável.
Publicado
2016-12-19
Como Citar
SILVEIRA, Amanda Heinrichs da; HARTMANN, Fernanda Vaz. GRUPO OPERATIVO COM IDOSAS: UM PROJETO DE PROMOÇÃO DE SAÚDE MENTAL. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - 2317-5915, [S.l.], n. 10, p. 405-406, dez. 2016. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1252>. Acesso em: 24 set. 2017.

Palavras-chave

Envelhecimento; Saúde Mental; Grupo terapia