SISTEMAS MATEMÁTICOS E ANCESTRALIDADE NEGRA: A BASE NUMÉRICA BINÁRIA E O JOGO DE BÚZIOS

  • Adriana Santos Pereira HENRIQUES Faculdade Inedi Cesuca
  • Carmen Rosa Rabelo FLORENTINO Faculdade Inedi Cesuca
  • Gabriel Buss de OLIVEIRA Faculdade Inedi Cesuca
  • Mailson da Silveira PORTO Faculdade Inedi Cesuca
  • Raquel Gomes da SILVA Faculdade Inedi Cesuca
  • Sandra Mara Maia WURLITZER Faculdade Inedi Cesuca
  • Celso Pessanha MACHADO Faculdade Inedi Cesuca

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar os números binários e a sua relação com a matemática do continente africano através do jogo de búzios, compreendendo seu funcionamento e como este tipo de costume tem relevância na formação cultural do Brasil. Apresenta-se a história do sistema de numeração binária, o sistema binário no jogo de búzios e sua relevância nas práticas religiosas brasileiras. O trabalho foi realizado através de dados coletados e analisados pela metodologia de pesquisa bibliográfica, enfatizando a importância da elaboração das construções e formulações de conceitos pela utilização de recursos didáticos. O intuito deste projeto é demonstrar que os números binários tem relação com os jogos de búzios, apresentando inicialmente a diferença de sua trajetória da matemática presente no continente africano (na antiguidade) e a evolução do sistema de numeração binária. Neste contexto foram contempladas as principais hipóteses no desenvolvimento do artigo e nas considerações finais verificou-se que Pingala foi um matemático que contribuiu e desenvolveu o sistema numérico binário unindo à listagem das métricas védicas utilizando sílabas longas e curtas, que são utilizadas por quase todos os computadores modernos e telefones celulares. A matemática na antiguidade do continente africano relata que os povos viveram em múltiplos lugares, tiveram culturas diversas e distintos desafios para resolver seus problemas de maneiras diferentes, desenvolvendo habilidades conforme suas necessidades. Concluiu-se também que há diferentes matemáticas, muitas ainda esperando reconhecimento, pois a universalização desta ciência impôs um método único para o pensamento humano. Foi visto que à religiosidade eram impostas exceções pelo colonizador branco europeu, que tentou definir o catolicismo como única verdade religiosa. Dentre as tradições religiosas o candomblé se destacou em virtude da forte relação com os descendentes de africanos e pelo reconhecimento de todas as camadas da população.
Publicado
2016-12-19
Como Citar
HENRIQUES, Adriana Santos Pereira et al. SISTEMAS MATEMÁTICOS E ANCESTRALIDADE NEGRA: A BASE NUMÉRICA BINÁRIA E O JOGO DE BÚZIOS. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - ISSN 2317-5915, [S.l.], n. 10, p. 576-592, dez. 2016. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1250>. Acesso em: 24 nov. 2017.

Palavras-chave

Jogo de Búzios; Matemática Africana; Números Binários