A IMPORTÂNCIA DA PSICOEDUCAÇÃO NO TRATAMENTO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

  • Carla Christini GUIMARÃES CESUCA Faculdade Inedi

Resumo

A terapia cognitvo comportamental cada vez mais vem sendo utilizada como técnica no tratamento em dependência química. Este artigo trata-se de um relato de experiência de estagio profissional numa clinica de desintoxicação de dependentes químicos. Com base na teoria cognitivo comportamental, é trabalhado junto aos pacientes a psicoeducação, onde aprendem mais sobre sua patologia e estratégias de enfrentamento para o pós alta. Os instrumentos utilizados para o desenvolvimento deste artigo tiveram como base relatos descritos dos atendimentos efetuados no decorrer do estágio e as evoluções que os pacientes obtiveram com a aplicação da psicoeducação na psicoterapia. Com base nestes relatos foi possível verificar significativa melhora nos pacientes, uma vez que os mesmos conseguiram ter uma melhor compreensão dos efeitos da dependência química.
Publicado
2016-12-19
Como Citar
GUIMARÃES, Carla Christini. A IMPORTÂNCIA DA PSICOEDUCAÇÃO NO TRATAMENTO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - 2317-5915, [S.l.], n. 10, p. 380-385, dez. 2016. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1207>. Acesso em: 19 out. 2017.

Palavras-chave

Terapia cognitivo comportamental; Dependência química; Psicoeducação