VASECTOMIA: IMPOSIÇÃO OU CONSCIÊNCIA CONTEMPORÂNEA

  • José Ermano da Silva MINISTÉRIO Cesuca faculdade Inedi
  • Larissa Dias da SILVA
  • Patrícia Gaspar MELLO

Resumo

Considerando que um dos problemas mais graves do Brasil é, atualmente, a explosão demográfica nas classes sociais menos favorecidas, nota-se o aumento considerável de homens que procuram a vasectomia como método contraceptivo. Atualmente hospitais públicos fazem está cirurgia, custeados pelo SUS (Sistema Único de Saúde). É um método cirúrgico ambulatorial, rápido, seguro e eficaz. Apesar dos homens contemporâneos estarem cientes que a esterilização na mulher é uma cirurgia muito mais invasiva, ainda existe muita resistência de decidirem pela vasectomia, em virtude dos tabus que até hoje assombram a mente masculina. Para tornar o assunto mais esclarecedor, foi feita uma intervenção em um hospital geral de uma cidade da região metropolitana da cidade de Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul, o qual possui programa de controle de natalidade. Utilizou-se como método de intervenção a apresentação de um vídeo com falas e imagens esclarecedoras. 
Publicado
2016-12-19
Como Citar
MINISTÉRIO, José Ermano da Silva; SILVA, Larissa Dias da; MELLO, Patrícia Gaspar. VASECTOMIA: IMPOSIÇÃO OU CONSCIÊNCIA CONTEMPORÂNEA. MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUCA - 2317-5915, [S.l.], n. 10, p. 232-246, dez. 2016. ISSN 2317-5915. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1156>. Acesso em: 24 set. 2017.

Palavras-chave

Vasectomia; Tomada de decisões; Serviços de saúde; Tabu; Preconceito