A produção de exclusões por conhecimento nos processos de alfabetização

  • Ana Cristina da Silva Rodrigues CESUCA

Resumo

O presente trabalho problematiza a exclusão por conhecimento  produzida em classes de alfabetização, tendo como campo empírico  escolas que integram a rede municipal de Porto Alegre/RS, organizadas sob a forma de Ciclos de Formação. Para tanto ,situa a proposta da Escola Cidadã e  suas implicações no processo de avaliação. Para a coleta de dados foram realizadas análise de documentos junto à Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre, entrevistas com professoras alfabetizadoras de escolas selecionadas com maiores e menores índices de manutenções em classes de alfabetização. Como resultados o estudo revelou uma evolução significativa dos índices de manutenção nas classes de alfabetização no segundo ano do primeiro ciclo nos anos de 2005,2006 e 2007,  constatando-se que as dificuldades administrativo-pedagógicas da implantação, aliadas às concepções excludentes em relação à aprendizagem e a própria alfabetização têm produzido exclusões por conhecimento nas classes de alfabetização da rede municipal de Porto Alegre.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Doutora em Educação - Unisinos
Publicado
2013-04-05
Como Citar
RODRIGUES, Ana Cristina da Silva. A produção de exclusões por conhecimento nos processos de alfabetização. REVISTA EDUCAÇÃO EM REDE: FORMAÇÃO E PRÁTICA DOCENTE - ISSN 2316-8919, [S.l.], v. 2, n. 2, abr. 2013. ISSN 2316-8919. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/educacaoemrede/article/view/412>. Acesso em: 26 abr. 2019.