3. O ESTRANGEIRO OU PORQUE RELACIONAR MULTICULTURALISMO, CIDADANIA E GLOBALIZAÇÃO

  • Renato da Silva SELAYARAM CESUCA

Resumo

A partir do livro O estrangeiro, de Albert Camus, procuramos fazer uma leitura dos conceitos de multiculturalismo, cidadania e globalização, vinculando-os e mostrando as diferenças e proximidades existentes entre eles. A negação, consciente ou inconsciente, em reconhecer direitos àquele que não pertence a uma determinada comunidade não é algo novo. Entretanto, torna-se preocupante, sobretudo neste inicio de século, quando mais do que em qualquer outra época é necessária uma política de Estado para a sua assimilação.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Especialista em Cieência Política, Mestre em Direito.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Meios sem fim: notas sobre a política. Rio de Janeiro: Editora Autêntica, 2015.
ARISTÓTELES. Política. Trad. Mário da Gama Kury, Brasília: UnB, 1989.
BENHABIB, Seyla. Las reivindicaciones de la cultura. Igualdade y diversidade en la era global. Buenos Aires: Kantz, 2006.
BORDIEU, Pierre. Antropología de Argelia. Madrid: Editorial Universitaria Ramón Areces, 2010.
CHAUÍ, Marilena. Cidadania cultural: o direito à cultura, Fundação Perseu Abramo, São Paulo, 2006.
_______________. Cultura e Democracia. Le Monde Diplomatique Brasil. Ano I. número 12. Julho de 2008. Encarte CLACSO. Cadernos da América Latina V.
FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade. Curso no Collège de France (1975-1976). Tradução Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2005.
HARRIS, Marvin. Antropologia cultural. Madrid: Editorial Alianza, 2011.
PATIÑO AVILA, Jesus Ernesto. Estado Social de Derecho, Mercado, e Inmigración. In: VILLAR BORDA, Luis y ROSALES, José María (editores). La inmigración y las oportunidades de la ciudadanía. Bogotá: Universidad Externado de Colombia, 2005.
ROBERTSON, Roland. Globalização, teoria social e cultura global. Petrópolis: Vozes, 2000.
SANTOS, Boaventura de Sousa. A gramática do tempo: para uma nova cultura política. São Paulo: Cortez, 2006, v. 4.
TODD, Olivier. Albert Camus: uma Vida. Tradução de Monica Stahel. São Paulo: Record, 1996.
Publicado
2016-01-31
Como Citar
SELAYARAM, Renato da Silva. 3. O ESTRANGEIRO OU PORQUE RELACIONAR MULTICULTURALISMO, CIDADANIA E GLOBALIZAÇÃO. REVISTA DIÁLOGOS DO DIREITO - ISSN 2316-2112, [S.l.], v. 5, n. 9, p. 40-53, jan. 2016. ISSN 2316-2112. Disponível em: <http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/dialogosdodireito/article/view/1055>. Acesso em: 27 jun. 2017. doi: https://doi.org/10.17793/rdd.v5i9.1055.

Palavras-chave

Multiculturalismo, cidadania, globalização.